Viajantes Interplanetários

E-MARTE: Cadastre-se para receber nossas novidades em primeira mão!

sábado, 26 de dezembro de 2009

Poeminha de Natal

Este ano aprendi a não esperar nada da vida. A não alimentar falsas esperanças que possam causar desilusão. A aproveitar e contentar-me apenas o que já tenho, sabendo que mais cedo ou mais tarde poderei perder ainda o pouco que me resta.


Creio que se cumprir no ano que vem o que aprendi este ano, talvez eu seja mais feliz no próximo Natal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário