Viajantes Interplanetários

E-MARTE: Cadastre-se para receber nossas novidades em primeira mão!

segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

Engarrafamento mental, ou, a curva da dúvida


A dúvida é o trafego engarrafado no
verso do poeta,
É a ruga na face do poema, é dilema de sim
e de não.
A dúvida é o prédio que tomba de dentro do
homem
É o tiro no escuro da piscina... É jogo de um
mundo
Na luz de uma estrela pálida de Domingo.
A dúvida é a fome do medo de pecar em
roubar ou não roubar!

(D.Everson/ do livro POEMAS DO S(Ó)L)

Um comentário: