Viajantes Interplanetários

E-MARTE: Cadastre-se para receber nossas novidades em primeira mão!

sábado, 15 de maio de 2010

METÁFORA

  
O poeta excita o orgasmo da manhã e
transa com a terra e o manguezal.
O poeta traça sua sina e
provoca alterações no curso provinciano das águas.
O poeta é que põe
o sonho em transe.


Natanael Lima Jr.
..................................................................................
E não esqueça! Nos sábados, o menu é caju: http://fredcaju.blogspot.com/

3 comentários:

  1. O poeta é o desgraçado que sofre, que chora, que sonha e a que no final ainda tem que ouvir: Ele é só um poeta! =[

    ResponderExcluir