Viajantes Interplanetários

E-MARTE: Cadastre-se para receber nossas novidades em primeira mão!

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Receita Musical - Aula número 6

Nossa aula de hoje será bem mais simples que as demais, pois, tem sempre uma hora em que devemos insistir um pouco mais em um assunto. Para os que ainda têm dificuldades em ler quando um trecho musical muda de clave é só observar as figuras abaixo:
Figura 1.

Observemos que ao invés de uma pauta com 5 linhas (pentagrama) temos dois pentagramas permeados por 1 linha. O pentagrama superior está com a Clave de Sol; a linha entre os dois pentagramas está com a Clave de Dó; e o pentagrama inferior está com a Clave de Fá. Essa figura com 11 linhas (5 + 1 + 5) é chamada de "Endecagrama" (endeca=11), trata-se de uma pauta destinada à compreensão das Claves de Sol e de Fá (no caso da Clave de Fá na 4ª linha). O fato da figura conter a clave de Dó é pelo fato de que a linha que está entre os dois pentagramas é um Dó3, nota representada pala Clave de Dó. Na figura abaixo vemos um pentagrama com Clave de Dó que transforma-se, a partir do Dó3 em Endecagrama, essa figura resume a anterior:
Figura 2.

Observemos que a quinta linha (em vermelho) e a primeira (em laranja) indicam, respectivamente as notas Sol3 (representada pela Clave de Sol) e Fá2 (representada pela Clave de Fá). Outra forma de simplificar a Figura 1 é retirando a Clave de Dó:
Figura 3.
A Figura 4 mostra mais claramente o que foi dito acima:
Figura 4.
Uma coisa precisa ficar clara para nós! Uma vez que uma Clave dá nome a uma linha, essa linha sempre representará a nota representada por essa mesma Clave, a menos que ocorra uma mudança de Clave num trecho da música (explicaremos isso no decorrer das aulas).
Hora do Exercício:
Para exercitarmos o que foi visto nas últimas aulas faremos a leitura do seguinte exercício:


Desde já observem que o pentagrama está dividido por barras a cada uma nota, falaremos sobre isso nas próximas aulas!
Na primeira mudança de Claves passamos da Clave de Dó para a de Fá. Já na segunda Clave, temos um Dó3 localizado numa linha suplementar superior (a linha que corta a nota no meio) que corresponde ao mesmo Dó3 representado na terceira linha pela Clave de Dó, anteriormente escrita. O mesmo ocorre na segunda mudança, da Clave de Fá para a de Sol, onde o mesmo Dó3 aparece desta vez na linha suplementar inferior.
No mais é com vocês!
Escrevam suas dúvidas e comentários aqui mesmo no blog, ou mandem para o meu E-mail: kleves@hotmail.com, forte abraço!

3 comentários:

  1. Cara mesmo atrasado entendi mais coisas em fim.
    o Dó3 é o divisor de areias, abaixo dele o próximo Fá indica a Clave de fá, correto? A acima dele o próximo Sól indica a Clave de Sól, correto? Se Daniel estiver correto então siginifica que não terei problemas em descobrir a natureza da coisa, no que diz respeito aos tons

    ResponderExcluir
  2. Sim, Daniel está correto! KKKK
    Mas não seria ele você? KKKK
    Valeu meu aluno interplanetário mais aplicado!

    ResponderExcluir