Viajantes Interplanetários

E-MARTE: Cadastre-se para receber nossas novidades em primeira mão!

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Esses fazedores de versos...

O EXCOMUNGADO POETA

No mínino, quando você afirma: POETA SIM!
A primeira coisa que eles militarmente dizem:
É gay ou sapatão! Que vem hermeticamente seguido
De: vagabundo, doido, etc., etc., etc. e tal.
Mas a mim, a nós, só resta dizer-lhes:
Atire a primeira pedra quem nunca
Foi um pouco poeta:
Na hora de observar as estrelas,
Na hora de dizer eu te amo,
Na hora de proferir eu te odeio,
Na hora do seio da mãe
E/ou
Do peito da morte,
Quem nunca foi poeta?!

06.06.2010


RACINHA MAL QUERIDA

— Eo tap!
— Top ae?!
— Po -e-ta?
— Ta peo?

D. Everson em Os Teimosos e a Poesia do Contra.   
  

5 comentários:

  1. Ô Daniel, peguei o seu carro de boi lá no Lacunas do Tempo e ainda cheguei a tempo a essa praça de Marte para saber dessa excomunhão do poeta! Ae! Top de lista esse poema a favor da poesia!

    Grande abraço.

    ResponderExcluir
  2. MARAVILHOSO BLOG!! SUCESSO E MUITA PAZ...ABRAÇOS VISITE: WWW.INSTITUTOEUQUEROPAZ.BLOGSPOT.COM

    ResponderExcluir
  3. Essa coisa de gay , sapatão, vagabundo, doido... É tudo isso e mais um pouco, porque o poeta não tem medo de se questionar, de provocar, de sentir e viver como e da forma que quer... Sonhamos em conexão com a realidade e vivemos o mundo como ele é, sem medo de dar pitacos. Curti o trabalho, baixei e tamujunto!

    ResponderExcluir
  4. Adorei o gay e o sapatão! Como estudo o assunto, gênero, isso muito me interessa!!! kkk Do vagabundo e do louco eu já sabia. Aliás, agora, todo mundo se diz poeta, não é mesmo?! Será que as pessoas estão assumindo sua sexualidade por causa da poética? HAHAHAHAHAHA
    Agora, falando sério, nada é mais filosófico do que ter espírito poeta.
    Ô viagem boa essa aqui pra Marte, meu querido colega poeta!
    Hasta pronto, hermano!

    ResponderExcluir