Viajantes Interplanetários

E-MARTE: Cadastre-se para receber nossas novidades em primeira mão!

domingo, 12 de fevereiro de 2012

Prosas, poesias e Haicais

Haicais de domingos

Vilma Piva

“Meu Eu poético trafega intensidades buscando o prazer da escrita, portanto não há um traço marcante na minha poesia que a caracterize dolorosa ou tristemente poética, ainda que tenha ares melancólicos e minhas saudades”. Assim a escritora Vilma Piva iniciou nossa conversa, quando indagada sobre sua produção literária.

Paulista, nascida em Araras, é pedagoga atuante há trinta anos. Especializou-se na área de deficiência mental e trabalha desde então com adolescentes, adultos e aqueles que estão em processo de envelhecimento. Para a escritora, que enobrece a alma daqueles que a seguem no blog Poesias e prosas (http://vilmapiva.blogspot.com), ensinar é uma vocação que a acompanha desde muito cedo, quando foi despertada para essa missão.


BEIJA-FLOR

Pássaro e flor

beijam-se docemente

entre carícias.

(Vilma Piva)






Vilma Piva e Adélia Prado


Eclética, ela humildemente diz gostar de Pablo Neruda, Manuel Bandeira, Cecilia Meireles, Hilda Hilst, Vinicius de Moraes , Fernando Pessoa, Manoel de Barros, Adélia Prado e outros... preferindo percorrer os labirintos românticos, sensuais em seus poemas, podendo assim poetizar o amor e a paixão traduzindo sentimentos e a construção de metáforas e rimas. “Tenho minhas fases de maior e menor produção poética e sofro se atravesso alguma entressafra. Sou a busca do que me espreita......e escrevo”, confessa como quem assume o gratificante fardo de criar belos escritos ainda que a inspiração a traia e a deixe de lado em alguns poucos momentos.

TEMPO

Basta um sopro

para quão perecível

ser - o humano!

(Vilma Piva)

Haicaísta proeminente possui um gosto musical amplo considerando a música uma mensageira da alma, tradutora de um sentimento musicado e pensa que o homem não se sentiria completo se a harmonia não existisse. “Minhas preferidas vão desde as instrumentais de André Rieu e músicas ao piano, como também passa pelas musicas francesas, italianas, Tangos e nossos imortais da MPB – Elis, Chico, Caetano, Djavan, Ana Carolina, Paula Fernandes e músicas de Renato Teixeira com suas letras altamente poéticas”, diz a poetisa.


SORRISO

A vida se faz

na graça do sorriso.

- Eu improviso!

(Vilma Piva)

Haicais de domingo: Em seu blog você afirma ser " eternamente aprendiz da poesia e da vida". Quando se inicia esse aprendizado e o que a impulsiona a esse antagônico vício virtuoso?

Vilma Piva: Eu me considero uma eterna aprendiz da vida e da poesia, pois entendo que estar aberta as novas idéias é ter essa predisposição para exercitar aprendizagens e assim não ficar estanque , presa àquelas pré ou já concebidas. Creio que a vida, assim como a poesia, exige movimento, ação, reação, reflexão na busca da Arte do bem (con)viver com esse vicio virtuoso de prazer entre o real e o sonho, entre o belo e a crueza que existe em nosso redor. Esse constante viver recortando formas do meu universo desafia minhas limitações ao expor meus pensamentos em versos deixando-me eternamente aprendiz diante da vida e da poesia.

Eu me vi escrevendo meus primeiros versos na idade adulta, puramente intuitiva, movida por um sentimento que ali se transcreveu num poema quando quis fazer uma homenagem à minha família que também marcava cem anos da imigração italiana no Brasil. Esta me veio em forma de poesia.

SOU DE LUA

Tão louca por ti

sou crescente quando vens

-Cresço, floresço.

(Vilma Piva)

Haicais de Domingo: Reparo que há uma incidência expressiva de haicaístas paulistas na net. Em sua opinião essa maneira curta de escrever versos tem alguma influência regional?

Vilma Paiva: A arte da escrita em Haicai é uma forma poética que muito admiro desde que ganhei um pequeno livro com o título: “Quatrocentos e vinte Haicais”, de Waldomiro Siqueira Junior. Encantei-me e fiquei instigada em conhecer mais sobre o assunto. Hoje escrevo haicais com muito prazer e não entendo porque os paulistas são os que mais escrevem haicais, pois uma grande ala de famosos escritores baianos foram os que difundiram o haicai no Brasil. Penso que há necessidade de um estudo mais aprofundado sobre o assunto acompanhado de um movimento que ajude a difundir ainda mais os haicais por todos os estados brasileiros. Ressalto essa sua iniciativa que vem de pronto colaborar com a valorização dessa nobre poética através de conceituados e entusiastas haicaidistas.

SENTIR SAUDADES

Em branco e preto

barcos de saudades

velejam o onírico!

(Vilma Piva)

Recomendo aos que me deram a satisfação de suas visitas que possam se deleitar com a sensibilidade e leveza da escorpiana. Decerto terão motivos mil para uma reflexão positiva acerca da suposta poesia anônima de boa qualidade que a internet nos proporciona.■

Cristiano Marcell é professor nas horas vagas e escreve no blogs http://esquifedememorias.blogspot.com e http://haicaienaomachuca.blogspt.com

44 comentários:

  1. Cristiano,

    que beleza: mais um[a] haicaísta que também é educador[a] - já podemos pensar em criar uma pequena confraria...

    Parabéns à poeta Vilma Piva, já havia destacado aqui mesmo neste espaço um de seus haicais, agora reproduzido em sua coluna.

    Parabéns pelo trabalho, bons caminhos!

    ResponderExcluir
  2. Eis minha amiga virtual, uma das pessoas q conheci na net e pelas quais nutro grande carinho e admiração.

    Muito bom vê-la revelar-se assim, neste espaço. Gosto mais dela ainda!

    Vilma querida, linda entrevista! Cristiano soube capturar sua essência.

    Beijo no coração.

    ResponderExcluir
  3. Cristiano,
    Inspiradíssima essa poeta Vilma Pisa, fico até inibido de dizer-me haikaista frente aos versos dela. Gostei imensamente da entrevista, parabéns a ambos, JAIR.

    ResponderExcluir
  4. Maravilhosa entrevista Marcell...
    Como é bom conhecer o pensar de quem tem o coração feito Poema que bate no compasso da Poesia que anima a Alma... Vilma é um desses Poemas, que com sua Poesia anima nossa Alma!
    Parabéns pela Entrevista, aplausos para a Entrevistada!
    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, minha cara! A entrevistada foi fundamental...

      Muita paz!

      Excluir
  5. Cristiano parabéns pela rica coluna hoje trazendo a Poeta Vilma Piva com sua maestria na poética e nesta arte milenar dos haicais.Sou seguidora de Vilma Piva no blog e também de uma convivência maravilhosa em fóruns e na vida real.
    Ler esta entrevista foi como estar com Vilma e Cristiano no jardim da estese.Parabéns aos dois magistrais haicaidistas.
    Um beijo de violetas para ambos.

    ResponderExcluir
  6. Muito bom estar aqui, conhecer esse espaço e me deliciar com essa entrevista!

    Adoro Haicais e adorei a entrevista com Vilma!

    Aplausos a ela e a você!

    Meu carinho.

    ResponderExcluir
  7. Está de parabéns, Cristiano
    por trazer tão talentosa haicaísta.
    Adorei a entrevista e os haicais.

    Aplausos a ambos.

    ResponderExcluir
  8. Parabéns pela escolha, Vilma Piva é maravilhosa, seus textos entram na alma...

    Saudaçoes

    ResponderExcluir
  9. Adoro Vilma Piva, sempre curti seus poemas; admiro-a ainda mais a partir de agora ao saber mais da sua vida.
    Amei os haicais simples e bonitos; dizem o que a gente gosta e quer ler...Coisas assim: "Sou de Lua, tão louca por ti...*"
    É DEMAIS!
    Parabéns por essa entrevista, vim aqui convidada por ela. Adorei.
    Um forte abraço, Mery* (vou te seguir)

    ResponderExcluir
  10. Adorei a entrevista, este blog e sua coluna que fazem-me conhecer outros artistas das letras. As influências de Vilma também me chamaram a atenção, já a estou seguindo em seu blog.

    Parabéns, Cristiano!

    ResponderExcluir
  11. Adorei ,tudo aqui á maravilhoso
    vc está de parabéns,obrigado pelo convite
    Já estou seguindo e lendo o que de bom
    vc escreve.
    Abraços com carinho Rita!!

    http://cantinhovirtualdarita.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. excelente este trabalho,muito bom.visitem o meu blog em http://atitude-critica.blogspot.com . obrigado

    ResponderExcluir
  13. Otima a sintese de vida da Vilma com sua poetica que nos encanta.Parabens pela partilha.Vou conhecer o blog divulgador.
    Meu abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grato, prezado Toninhobira! Seja sempre muito bem-vindo à esse espaço!

      Excluir
  14. Vilma Piva, a poeta, escreve poesias de gente grande para todas as faixas etárias.
    Cristiano, mais uma vez, mandou bem, meu camarada!
    Abraços!

    ResponderExcluir
  15. Respostas
    1. Para um mundo que já não tem tempo para um sorriso!

      Muita paz!

      Excluir
  16. Cristiano, querido amigo, mais uma vez agradeço a oportunidade de estar compartilhando de meus pensamentos, minha poesia e amizade com você e com nossos amigos desse belo blog. Li todos os comentários aqui deixados e agradeço comovida cada um que aqui passou. Obrigada de coração.Vocês são maravilhosos!
    Beijos,
    Vilma

    ResponderExcluir
  17. Parabéns pelas postagens, são de muito bom gosto.
    daniel Brandão
    http://danbrandao.blogspot.com

    ResponderExcluir
  18. Olá,

    Conhecendo um pouco mais sobre nossa amiga que encanta a tantos, chegamos aqui e aprendemos mais um pouco da arte de escrever.
    Gostei muito de seu espaço, também!

    Abraços :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seja sempre muito bem-vindo, prezado Erico!

      Muita paz!

      Excluir
  19. Boa madrugada meu mais novo amigo virtual, Cristiano. Vim conhecer teu blog por solicitação da amiga Vilma e pude, através dele, conhecer mais um pouquinho sobre ela, seus pensamentos e sua vida. Gostei do teu espaço, já estou te seguindo e voltarei sempre que tiver um tempinho, entre uma descoberta e outra. Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  20. Cristiano agradeço o convite e me faço aqui presente e encantada, parabéns o blog é realmente interessante, grande abraço desta amiga poetisa, espero por você no inoemaescritora.

    ResponderExcluir
  21. Mais uma poetisa no trem da lira do Marcell =]

    ResponderExcluir
  22. Eu gosto imenso dessa partilha, de massificar a escrita, de nos trazeres poesias e tantas inesperações, Marcell! E assim vamos incursionando e excursionando por um mundo incrível de letras e sentimentos.

    Como tenho ainda muito que aprender, vou aprendendo haicais aqui, e lá no seu blogue. Obrigada por nos dar a conhecer a Vilma!

    Beijos aos dois!

    ;)

    ResponderExcluir