Viajantes Interplanetários

E-MARTE: Cadastre-se para receber nossas novidades em primeira mão!

terça-feira, 6 de março de 2012

Por enquanto

Navego nesse mar de poesias e belos dizeres da weblog há algum tempo e construi um respeito considerável por muitos deles, para minha satisfação.
Sinto-me na obrigação de divulgar o blog de Ana Murgel. Com aparência minimalista, porém com profundidade no seu teor ela tem o poder de sensibilizar qualquer que se atenha à leitura de suas poucas palavras nas frases muito bem feitas, cuja poesia fica implícita e bem edificada

Minha foto


http://anamurgel.blogspot.com/


Te Amo

A pessoa que mais me desiludiu na vida até hoje foi o ser humano.
Feito de carne e osso. Sangue correndo nas veias. Ar inflamando o corpo. Inteligência ou quem sabe sensibilidade.
Nasceu de um amor secreto entre Deus e a Terra. Dizem... Ouvi falar. Mamãe me falou. Ouvi.
Parece que vê, ouve e fala. Tem gosto. Tem sim. Senti. Gosto doce e salgado. Bom e misturado. Doce e salgado. Doce delícia humana!
Canibal, carnívora. Destrói a carne. Vermelho. Tempestade sem sentimento. Vento que provoca sensações estranhas, tufão de fuligens cinza.
Fico parada pronta para o alvo. Não quero crescer para entender tanta rudeza.
Assim morro sem entender o motivo.

Ana Murgel

Um comentário:

  1. Muito bom, vou visitar o blogue dessa alienígena e conferir.

    ResponderExcluir