Viajantes Interplanetários

E-MARTE: Cadastre-se para receber nossas novidades em primeira mão!

sábado, 26 de maio de 2012

Divina sucessão

Haicais de Domingo

Apesar de minha formação acadêmica ter sido as ciências exatas, não é novidade para nenhum daqueles que me acompanham, aqui em Marte ou em de meus weblogs pessoais, que gosto muito de literatura. No estudo da era clássica, acabei descobrindo, ainda em minha infância, um número que participa de grandes obras e muito mais nas figuras geométricas da natureza. O valor é φ = 1.618 e ele deu-se o nome de razão áurea ou razão de ouro.A bem da verdade esse valor é aproximado, já que trata-se de um número irracional.Minha intenção contudo não é dar detalhes da primazia matemática e sim de colocar algumas de suas aparições.
Junto à proporção divina há uma sequência elaborada por Leonardo de Pisa, matemático italiano do medievo. Seu pai chamava-se Guglielmo dei Bonacci. Assim sendo o mestre dos números ficou conhecido como Fibonacci (filho de Bonacci).
A sequência de Fibonacci é uma sucessão de números,dispostos de tal modo que, definindo os dois primeiros números da sequência como 1 e 1, os números seguintes serão obtidos por meio da soma dos seus dois que o antecedem.

1,1,2,3,5,8,13,21,34,55,...

Esta semana, ao girar pela blogosfera, visitei o espaço Pintando Haicais, da amiga paulista Elisa Campos. Deparei-me com um novo estilo de poemetos, classificados como fibhaicais. Uma construção que em cada verso, a quantidade de sílabas corresponde à sequência criada por Leonardo.
Humildemente, elaborei alguns deixando um novo modelo para os leitores desta coluna um exercício interessante para contrução de poemas:

Saúde Pública

Eu
não
vejo
desamor
equivalente
ao descaso dessa gente

Beata

Vou
pra
missa
expulsar
os meus pecados
pra depois voltar a pecar!

Ninfomania

Eu
sou
mulher
desejo
um outro homem
além do meu,outro beijo

Quero desejar a todos um excelente domingo
Muita paz!

Cristiano Marcell é professor nas horas vagas e escreve regularmante
nos blogs Esquife de memórias e Haicai e não Machuca

14 comentários:

  1. Seus Fibs ficaram lindos Cristiano. Parabéns!!Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Parabéns, pelo trabalho.
    Continue com o belo ofício
    de levar a arte ao mundo.

    ResponderExcluir
  3. Parabéns por mais esse belo exercicio poético!
    Legal!!!Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Cristiano,
    Só o ponto de ouro e a razão áurea já dão muitas postagens interessantes. Eu conheci essas particularidades da matemática pelo famoso Malba Tahan e seu não menos famoso "O homem que calculava". Para prestigiar os Fibhaicai, fiz uma mais ou menos:


    Cada
    Um
    Se vê
    No espelho
    Conforme espera
    Que sua imagem pareça.

    ResponderExcluir
  5. Esses fibhaicais são uma prova de que não há limites e não falta inspiração para a poesia. A matemática e a arte caminham lado a lado, cumplices, mesmo que muitos acreditem que sejam antagônicas.

    Parabéns, Cristiano, que usa as ciências exatas ao seu favor e faz poesia com precisão matemática!!!

    Abraço!!!

    Wesley

    ResponderExcluir
  6. Querido amigo Cristiano

    Obrigada pela referência. Fiquei feliz porque como hábil professor acrecentaste um melhor entendimento matemático sobre o fibhaicai (sempre fui péssima em matemática rsrsr)
    Acho que encontrei nesta forma poética um novo caminho para aperfeiçoar os haicais, sem fugir da verdadeira essência dos moldes de Bashô (que aprecio) em descrever o olhar sobre a natureza que nos cerca.
    Respondi ao seu comentário no meu blog sobre o Fib genial de Saúde Pública e o transcrevo aqui:
    Não
    lhe
    tiro
    a razão. O amor
    não enche a barriga
    com este salário de fome

    E também a de Beata (verdade rsrsr)
    e ninfomania
    GENIAIS.

    Um lindo domingo para você.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pela visita aqui em Marte, cara amiga! Bom que tenha gostado do que escrevi!

      Muita paz!

      Excluir
  7. Olá,

    Vim até aqui a convite da Elisa.
    Muito criativos os seus fibhaicais.
    Parabéns pelo talento!

    Meu abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado,prezada Vera Lúcia! Seja sempre muito bem-vinda!

      Muita paz!

      Excluir