Viajantes Interplanetários

E-MARTE: Cadastre-se para receber nossas novidades em primeira mão!

sábado, 12 de maio de 2012


Sol e terra seca.
Seca,
Terra e sol.
Sol e terra?
Seca!
Terra e seca?
Sol.
E sol seca terra.

8 comentários:

  1. Homem se ferra
    Quando sem dó inclemente
    Sol seca terra.

    ResponderExcluir
  2. Outro poema concreto, dessa vez inspirado no poema "Cor Laranja" de D. Everson. No desenho o Sol, o carcará e a terra já formam um verso natural, apenas escrevi a minha leitura sobre o desenho. Qual seria a sua? Gostei da de Jair C. Lopes, grande mestre!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. me lembrou poesia so Jair os dois poemas =]]]
      espero continua inspirando os poetas do pedaço

      Excluir
    2. No mais o poema Cor laranja, faz parte da pequena coleção Cores do Cinza que estou postando aqui no Cronisias e no Simulacro. =]

      Excluir
  3. e aí vai ilustrar a capa do meu Ebook: confissões de um cachorro louco? =]]]]

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. mandasse para qual, hotmail ou yahoo - não achei nada neles

      Excluir
  4. O sol é misericordioso
    nunca faria isto com a Terra
    com seus filhos
    e oceano
    o homem é que precisa
    deixar o sol iluminar
    sua razão
    para não secar a terra
    para não matar os mares
    mas o poema acima
    vislumbra
    a penumbra que ficaremos
    se continuarmos a maltratar
    a Gaia
    e estamos querendo fazer o mesmo
    com Marte

    Luiz Alfredo - poeta

    ResponderExcluir