Viajantes Interplanetários

E-MARTE: Cadastre-se para receber nossas novidades em primeira mão!

segunda-feira, 4 de junho de 2012

Mini conto Mulher-objeto


PRÁ AMÉLIA NENHUMA BOTAR DEFEITO
Desde que levantou tratou de arrumar a cama, varrer a casa, esfregar, tirar pó, lavar banheiros, polir, limpar vidros, jogar lixo, lavar, secar e passar roupas, bater tapetes, aguar as plantas, dar comida ao peixinho dourado, limpar cocô do cachorro, ir ao supermercado, arrumar a geladeira, fazer comida (sem esquecer da sobremesa), não parou um minuto sequer. Para não desleixar a aparência, malhou na academia por duas horas, tomou banho, escovou e penteou os cabelos, cuidou das unhas e da pele, maquiou-se, perfumou-se, calçou meias e sapatos finos e colocou vestido adequado. Feito isso, checou se todos os detalhes estavam perfeitos, de acordo com a vontade dele. Cinco minutos antes dele chegar, acomodou-se silenciosa e imóvel num canto da sala, e, confundindo-se com a decoração, mimetizou-se em indistinta peça da mobília. Orgulha-se de ser a perfeita mulher-objeto. JAIR, Floripa, 22/11/09.

9 comentários:

  1. Não é atoa que a chamam de Rainha do lar...
    Muito bom seu mini Jair. Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Hehehehe... tirando a última parte, esta sou eu! Uma Amélia por vocação. Por incrível que pareça, adoro limpar a casa e ir ao supermercado!

    ResponderExcluir
  3. Parabéns, Jair! Teu mini ficou muito bom.

    ResponderExcluir
  4. Ainda bem que nem todas as sagradas mulheres não são 100% assim. (tripalho&tripalho)Pois, geralmente, na atual sociedade, cada uma delas têm a vida que batalha pra si.
    Jair, muito bom o seu texto minissaia.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  5. E certamente, aos olhos do marido, ainda ficaram faltando coisas serem feitas...


    Belo "continho", enciclopédico amigo!

    ResponderExcluir
  6. Oi, amigo!
    Isso é que é a Amélia, uma mulher de verdade.
    A vida feminina não é fácil, mesmo.
    Esse conto é um primor literário.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  7. Mulher objeto
    Ainda existe, por certo,
    Mas a hora disso acabar está perto.

    ResponderExcluir