Viajantes Interplanetários

E-MARTE: Cadastre-se para receber nossas novidades em primeira mão!

terça-feira, 26 de junho de 2012

PRA ROBERTO E SEUS AMIGOS*


Roberto Carlos querido,

Pode dormir sossegado

Deus não é mal-humorado:



Com carinho te ofereço

Bordões, solidário apreço

Que podem te dar sossego,

Pois esse amigo prelado

Que te pôs preocupado

Ele é que anda cego

E carece de educado

Ser de novo no seu credo.



Além disso, te garanto

Analisando teu texto:

Você manda pro inferno

Preocupações e fardo

Que são coisas do diabo.

O que Deus mesmo aconselha

Em todo texto sagrado.



E se você quer conselho,

Não caia em qualquer lábia,

Escolha boca mais sábia

Ó meu querido Roberto:

O Frei Betto, por exemplo,

Que no recinto do templo

Prega um Deus de largo afeto.



E pra júbilo dos meus

Aqui fala o vosso Deus:



“Roberto, filho dileto,

Com vênias do meu prelado

Que põe rebanho assustado,

Declaro que acho certo

E apoio todo Roberto

Que seja crente e correto.

Na beirada do inverno

Também repito brincando:

Depois do bom e do certo,

Tudo o mais vá pro inferno.



Ó filho Roberto meu,

Repete aqui vosso Deus:

Esse cara de fuinha

Que te acusa de pecado

Seja papa ou coroinha,

Comigo ele tá ferrado.”



Assim, meu caro Roberto,

Como diante do rei

Mesmo modesto e terreno

Ninguém se mantém de pé,

Um abraço de Tom Zé.


Tom Zé



*Originalmente postado em: http://tomze.blog.uol.com.br/

Um comentário:

  1. E que vão para o inferno o preconceito, a falsidade, a mentira, a inveja, a maledicência, o medo, a fome, a guerra e todos que são contra a frase "Vá para o inferno."

    ResponderExcluir