Viajantes Interplanetários

E-MARTE: Cadastre-se para receber nossas novidades em primeira mão!

domingo, 8 de julho de 2012

VAI UMA POESIA AMIZADE?


À Ly Cintra

cintra-se a vontade
pois toda poesia é inteira amizade
papeis em branco é um crime
para que folha pálida se ávida a vida é colorida mistamente:
preto no branco P&B ad eternum
por favor não reclame das flores na minha bermuda,
elas brotaram dum dia desses pra cá
quando eu descobri que gravata
trata-se de um golpe sufocante
e que terno só pode ser o amor.

Daniel Andrade


5 comentários:

  1. Ahhhhhhhhhhhhh *__*
    Isso é que eu chamo de boas vindas!
    Que poema maaaais lindo.
    Obrigada pelo carinho imenso querido, vou guardar mais esse presente com um imenso prazer.

    #Saudade

    :*

    P.S: E assinando como Daniel Andrade? Mais é muito metido mesmo viu, kkkkkkkkkkkkk.

    ResponderExcluir
  2. Limerique

    Poeta maluco anda pela cidade
    Parecendo visionária entidade
    Perdido poeta
    Que fora esteta
    Costuma dizer: vai uma amizade?

    ResponderExcluir