Viajantes Interplanetários

E-MARTE: Cadastre-se para receber nossas novidades em primeira mão!

quinta-feira, 13 de setembro de 2012

Alentejo

Das coisas que aprendi no Alentejo

Uma é a mais valiosa: não se pode abraçar

O mar como se ele fosse qualquer coisa.


D.Everson

4 comentários:

  1. Limerique

    Quando viajo para o Alentejo
    Existem coisas que eu almejo
    Comer pastéis de Belém
    E outras que não convém
    E tentando abraçar o mar me vejo.

    ResponderExcluir
  2. Há de se ter braços longos e flutuantes...

    ResponderExcluir