Viajantes Interplanetários

E-MARTE: Cadastre-se para receber nossas novidades em primeira mão!

sexta-feira, 7 de setembro de 2012

D.Everson no Castanha Mecânica (Declarações de um Cachorro Louco)



Alteridade. Homenagens. Metapoesia. Se estivéssemos diante de um artigo científico seriam essas as melhores palavras-chaves para etiquetar a nova obra de D.Everson, Declarações de um Cachorro Louco: a poesia não morreu por pouco. Mas como aqui não é nenhum congresso acadêmico e tampouco estamos preocupados em rotular o trabalho de ninguém, fica registrado o convite para conferir a verve do poeta bezerrense interplanetário, sempre característica, e tirar as próprias considerações. Daniel escreve nos seu blog Simulacro Poético, é fundador e colunista do Poetas de Marte e ainda colabora com o Cronisias.

CONFIRA O E-BOOK LÁ NO CASTANHA MECÂNICA.


Poema para Oswaldo Montenegro

Todo homem tem direito
A um cyber perto de casa,
Uma cerveja gelada
Por favor, Belcco, não!


Tem direito a um beijo da donzela amada,

Um fado qualquer, qualquer poesia cantada.
Um par de botas furadas
E
Um óculos escuro.
Ter direito de ir e vir pelo mundo.


Como um cantor de bolero

Como um preto e seu Blues,
Ou como um peixe amarelo
Que nada entre o azul.

D.Everson, 18 a 19.04.2007
     

3 comentários:

  1. Limerique

    Era uma vez um poético blogue
    Que admitia até gente grogue
    Co-fundador desse manicômio
    Ele virou um patrimônio
    D. Everson em Marte é Mad Dog.

    ResponderExcluir