Viajantes Interplanetários

E-MARTE: Cadastre-se para receber nossas novidades em primeira mão!

sábado, 22 de setembro de 2012

MEIA CEGUEIRA

Podemos andar por países distantes.
Buscar novas imagens.
Ver coisas que só a TV nos mostra.
Encontrar pessoas bonitas.
Ver muitas pessoas feias, também.

Mas, só na volta percebemos
Que quem mais nos facina,
O que mais gostamos,
Sempre esteve alí, pertinho,
Bem ao nosso lado.

Ricardo F. Banholzer
Setembro / 2012

5 comentários:

  1. Limerique

    Era um poeta que andava sozinho
    Meio perdido buscando um caminho
    Procura e insiste
    Algo que não existe
    Amor encontrou no próprio ninho.

    ResponderExcluir
  2. Olá, parabéns pelo blog!
    Se você puder visite este blog:
    http://morgannascimento.blogspot.com.br/
    Obrigado pela atenção

    ResponderExcluir
  3. Olha aí Ricardo desenrrolando a parada. Esse poema é pura reliadade, por isso parei de sonhar e tratei logo de agarrar a gata mais gata do mundo que "morava logo ao meu lado".

    ResponderExcluir