Viajantes Interplanetários

E-MARTE: Cadastre-se para receber nossas novidades em primeira mão!

quinta-feira, 1 de novembro de 2012

CONFRONTOS E CONFLUÊNCIAS

Nessa edição do Confrontos e Confluências, não vou dizer muito, na realidade só faço um pedido: aos que ficarem indiferentes, favor não voltar ao blog.

BRASIL COM P (G.O.G.)



Pesquisa publicada prova / Preferencialmente preto / Pobre prostituta pra polícia prender / Pare pense por quê? / Prossigo / Pelas periferias praticam perversidades parceiros / PM's / Pelos palanques políticos prometem prometem / Pura palhaçada / Proveito próprio / Praias programas piscinas palmas / Pra periferia / Pânico pólvora pá-pá-pá / Primeira página / Preço pago / Pescoço peitos pulmões perfurados / Parece pouco / Pedro Paulo / Profissão pedreiro / Passatempo predileto, pandeiro / Pandeiro parceiro / Preso portando pó passou pelos piores pesadelos / Presídio porões problemas pessoais / Psicológicos perdeu parceiros passado presente / Pais parentes principais pertences / PC / Político privilegiado preso / Parecia piada / Pagou propina pro plantão policial / Passou pelo porta principal / Posso parecer psicopata / Pivô pra perseguição / Prevejo populares portando pistolas / Pronunciando palavrões / Promotores públicos pedindo prisões / Pecado! / Pena prisão perpétua / Palavras pronunciadas / Pelo poeta Periferia / Pelo presente pronunciamento pedimos punição para peixes pequenos poderosos / Pesos pesados / Pedimos principalmente paixão pela pátria prostituída pelos portugueses / Prevenimos! / Posição parcial poderá provocar / Protesto paralisações piquetes / Pressão popular / Preocupados? / Promovemos passeatas pacificas / Palestra panfletamos / Passamos perseguições / Perigos por praças palcos / Protestávamos por que privatizaram portos pedágios / Proibido! / Policiais petulantes pressionavam / Pancadas pauladas pontapés / Pangarés pisoteando postulavam prêmios / Pura pilantragem! / Padres pastores promoveram procissões pedindo piedade / Paciência pra população / Parábolas profecias prometiam pétalas paraíso / Predominou o predador / Paramos pensamos profundamente / Por que pobre pesa plástico papel papelão pelo pingado pela passagem pelo pão? / Por que proliferam pragas pelo pais? / Por que presidente por que? / Predominou o predador / Por que?


MUNDO MODERNO (Silvio Amarante)



Mundo moderno, marco malévolo, mesclando mentiras, modificando maneiras, mascarando maracutaias, majestoso manicômio. Meu monólogo mostra mentiras, mazelas, misérias, massacres, miscigenação, morticínio - maior maldade mundial.

Madrugada, matuto magro, macrocéfalo, mastiga média morna. Monta matungo malhado munindo machado, martelo, mochila murcha, margeia mata maior. Manhãzinha, move moinho, moendo macaxeira, mandioca. Meio-dia mata marreco, manjar melhorzinho. Meia-noite, mima mulherzinha mimosa, Maria morena, momento maravilha, motivação mútua, mas monocórdia mesmice. Muitos migram, macilentos, maltrapilhos. Morarão modestamente, malocas metropolitanas, mocambos miseráveis. Menos moral, menos mantimentos, mais menosprezo. Metade morre.

Mundo maligno, misturando mendigos maltratados, menores metralhados, militares mandões, meretrizes, marafonas, mocinhas, meras meninas, mariposas mortificando-se moralmente, modestas moças maculadas, mercenárias mulheres marcadas. Mundo medíocre. Milionários montam mansões magníficas: melhor mármore, mobília mirabolante, máxima megalomania, mordomo, Mercedes, motorista, mãos... Magnatas manobrando milhões, mas maioria morre minguando. Moradia meia-água, menos, marquise.

Mundo maluco, máquina mortífera. Mundo moderno, melhore. Melhore mais, melhore muito, melhore mesmo. Merecemos. Maldito mundo moderno, mundinho merda.
    

3 comentários:

  1. Arrasou geral na crítica, no tema e na escrita!!
    Isto é competência! APLAUSOS!!
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  2. não conhecia o GOG, muito bom! Excelentes textos!

    ResponderExcluir