Viajantes Interplanetários

E-MARTE: Cadastre-se para receber nossas novidades em primeira mão!

terça-feira, 27 de novembro de 2012

É NODA! — #12 (FINAL)


NO TEMPO ADEQUADO
“Por mais que a mão se ponha à obra,
A Arte é longa e o Tempo é breve.”
(Charles Baudelaire)


Como poeta, procuro desconstruir determinadas imagens que alguns canalhas embrincaram ao ofício. Uma das que mais martelo em cima é da passividade do autor. Se você espera a poesia acontecer, tire aí do seu crachá o poeta logo abaixo do seu nome. Tem que sujar as mãos para escavar o poema, camarada. É claro, se você tiver uma pazinha, quiçá uma britadeira... Tudo bem, tranquilo, concordo. O importante é trabalhar.
Se me derem licença, vou entrar numa egolombra. A leitura, portanto, é por sua conta e risco. Vi certa vez, em rede nacional de televisão, que um artista não deveria se preocupar com nada além da sua arte, a burocracia deveria ser passada a quem entende. “A burocracia tem mais é que ser destruída”, fiquei pensando. Papo-água vai, papo-água vem, e a frase não saiu da cabeça. Porra, como assim é melhor entregar o que eu faço aos cuidados de alguém? “Eu quero correr mundo, correr perigo”.
Não que eu esteja negando o papo da pá e da britadeira, mas gosto de sujar as mãos. Eu gozo travado, mas não relaxo. Não enquanto não eliminar intermediários parasitas. O amanhã é logo ali, mas o hoje é agora. Abandonemos a passividade, pois dela nasce a dependência.
É bom saber que a condição do poeta não se resume apenas a escrever. Vai fazer o que depois? Colocar tudo na gaveta? Encadernar bem bonitinho? Criar um blog na internet? Vender em panfleto? Colocar na mão de uma editora? Declamá-los em alto e bom tom? Pichar num muro bem grande? Seduzir alguém? É muita coisa... Às vezes a gente se perde rapidinho e vai deixando pra depois. Mãos à obra no caminho que escolher!
O fazer, porém, não significa, nem de longe, pressa. Trabalhe ao seu tempo.
Escreva seu próprio poema, deixe um pouco de lado a sombra dos grandes. Seja seu próprio revisor, você também entende de gramática e tem um Aurélião aí bem perto de você. Diagrame, ilustre, divulgue, venda. Vamos lá, o Google taí! Com o tempo você melhora, com o tempo seu esforço será notado, com o tempo sua rede vai aumentar: virão revisores, ilustradores, diagramadores, publicitários, editores. Acredite. Basta que o primeiro passo seja seu. Em tudo.


__________
Fred Caju responde pelas suas próprias opiniões, que não estão necessariamente em unanimidade com a equipe do blog, que preza pela livre iniciativa de seus colaboradores.
     

11 comentários:

  1. Camarão que dorme, a onda leva. Antes que a coluna deixe saudades, passem no Castanha Mecânica e confiram o e-book 12 ROTAÇÕES resultado da coluna. Grande abraço a todos que acompanharam o “É NODA!”. LINK PARA DOWNLOAD E LEITURA: http://castanhamecanica.wordpress.com/2012/11/27/caju-fred-12-rotacoes-2012/

    ResponderExcluir
  2. RAPA QUE PENA QUE ACABOOU =[[[
    SUA DISCUSSÃO FINAL FOI DODÁSTICA. SE O CARA NÃO FIZER A COISA ENTÃO ELE É DOIDO POIS TUDO APENAS EXISTE EM SEU UNIVERSO PARTICULAR.

    VENHO TENTANDO CAVAR MINHA PRÓPIA COVA, JÁ CORRI MUITO PERIGO - POR ENQUANTO ESTOU CAVANDO DE COLHER DE CHÁ MAS DEVE MELHORAR.


    NO MAIS POESIA PARA MIM É PROVOCAÇÃO DA VIDA CONTRA O MEU OLHAR. PARA DESCONTAR PROVOCO O MUNDO FAZENDO VERSOS DANÇAREM NUS EM RIMAS POBRES, no meio da rua em plena sexta feira santa. Aleluia!

    ResponderExcluir
  3. Cajuíno amigo,

    antes de qualquer coisa, gostei do egolombra.Não há como discordar de ti. Devemos produzir, divulgar, feler pra todo mundo...De um tempo pra cá deixei de me esconder.Digo a todos que sou poeta, sem vergonha alguma. Se o indivíduo acha(ou tem a intenção de me rotular) de mau escritor, que vá pro inferno!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ACABO DE LER O 12 ROTAÇOES...
      E ACHEI PRODUTIVO TODO ESSE DIALOGO, REFLEXOES, APORRINHAMENTO TERMINAL SOBRE A TRAMITIVIDADE EM Q SE ENCONTRA O ARTISTA DIANTE DA ARTE, DO MEIO, DA VIDA... ALEM DAS PROVOCAÇOES NODASTICAS... ALGUMA DAS VISOES DAS QUAIS EU COMPARTILHO, OUTRAS Q ME FAZEM REFLETIR E REPENSA-LAS ALGUM DIA E AS DAS QUAIS AINDA ME INCOMODAM OU NAO AS DEGIRO POR INTEIRAS... POREM A LUCIDEZ E LUDICIDADE PRESENTE NESSAS ESCRITAS DAS QUAIS FEITO NODAS, DODIFICARAM POR 1 TEMPO AQUI NO POETAS DE MARTE E ATUALIZADAS EM LIVRO, CREIO Q SERVE PRINCIPALMENTE DE INCENTIVO P/ OS NOVOS ESCRITORES, ALEM DO JARDIM É 1 BOM APERITIVO P/ O DIALOGO COM OS VETERENOS !!! NU + SAUVAS AOS ASTRONALTAS LIBERTARIOS OU OS D+ ATIVISTAS CULTURAIS SAUVAS JA !!!

      Excluir
    2. Valeu, e espero que tenha existido alguma contribuição durante todo esse 2012.

      Excluir
  4. Caju,

    reli o 12 rotações. Sim, pois na verdade já o tinha feito durante todo esse tempo, na coluna É NODA.

    Muito obrigado por me citar nos agradecimentos, junto a Jair, Lucas,Daniel e outros...

    Agora, eu fiquei estupefato ao saber que você é de História.Muito bom!!!

    ResponderExcluir
  5. Admiro teu espaço!
    Agradeço tua companhia em 2012, enriqueceu e tornou os dias especiais.
    Boas Festas e que o Natal e todo Ano Novo sejam plenos de bênçãos Divinas!
    Muita Saúde , Paz e Amor!
    http://marlifrancofotos.blogspot.com.br/
    http://marlifranco.blogspot.com.br/
    bjs de violetas
    Marli Franco

    ResponderExcluir