Viajantes Interplanetários

E-MARTE: Cadastre-se para receber nossas novidades em primeira mão!

domingo, 18 de novembro de 2012

Haicais de domingo a domingo

Haicais de Domingo      

         Engana-se quem pensa que perseverar na blogosfera é fácil.Como qualquer coisa recém descoberta, a divulgação de seu trabalho nessas postagens é motivo de muito entusiasmo, porém inúmeros fatores vão fazendo com que haja uma desacelaração nessas pretensas investidas literárias que, num dado momento deixam de ser semanais, passam a ser quinzenais e não demora muito o gadget responsável pela data ficar totalmente livre de atualizações. Ainda que em poucos instantes, o ato de escrever exige disciplina e aqui, nesse ambiente virtual, não haveria de ser diferente.
         Iniciando por hoje, gostaria de enfatizar, ao longo de domingos vindouros, a presença daqueles que, com bastante competência, depositam na net regularmente suas belas criações, fazendo de tal atitude uma prática constante e recurssiva, no tocante aos haicais...
         Para adentrar nessa senda, faço de minha carruagem uma especiaria da culinária japonesa chamada Umeboshi, que nomeia um dos blogs haicadístas de maior assiduidade nas bonitas composições e regularidades que conheço.
        Ao contrário do tsukemono azedo e salgado, os haicais enconrados em http://ghanoch.blogspot.com.br/ são de um teor de paz e mansuetude, equilibrados em paisagens tradicionais retratadas em três linhas ou em mangás oportunamente encaixados no contexto de haigas.


É primavera
De colibris a bem-te-vis
E flor na janela!
       Sempre emanando brilhos esfusiantes, seus tenkas, senryus, kigôs e muito mais são passíveis de ser lidos com sempre, para nos desligarmos um pouco desse mundo agressivo e veloz no qual fomos inseridos desde o século passado, e flutuarmos nas dezessete sílabas.
No bebedouro
Pássaros se ajuntam
Pra me alegrar!


Triste e belo...
Flor que se despetala
Naturalmente!


                                                                                                 
Bravo samurai
Nos livros de história
E nesse haikai!
        Vale a pena conferir...
Cristiano Marcell é professor nas horas vagas e escreve nos blogs:
http://esquifedememorias.blogspot.com e http://haicaienaomachuca.blogspot.com

       
       
        

3 comentários:

  1. Bom dia! Acho dificílimo escrever Haikais. algumas pessoas acham que basta obedecer ao 'esquema' das regras, mais é muito mais do que isso... por este motivo, arrisco um só de vez em quando. Mas gosto de ler, eles transmitem uma paz bonita.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grato, minha cara amiga, por seu valoroso comentário!Continue "arriscando" sempre!!!

      Muita paz!!!!

      Excluir
  2. haikai de tradição samurai, o fino da bossa



    abraço

    ResponderExcluir