Viajantes Interplanetários

E-MARTE: Cadastre-se para receber nossas novidades em primeira mão!

segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

ANJO MACHO, ANJO FÊMEA

Vem moça, vem aos meus braços
tomar-te-ei com paixão
estarás envolvida em meu fogo,
aonde não há pecado, nem culpa
aonde não há segredo, nem medo

Feche seus olhos jovem
deixe-se levar pela dança sincronizada dos nossos corpos
e se alimente com nosso suor fadigado
serás a rainha da cama,
minha musa e deusa do sexo

E ao atingir nosso ponto máximo de prazer, seremos como dois anjos iluminados, sem pecado
Não sinta-se suja nem frágil,
tu bem sabes que somos livres
e que passamos do pecado original que oprime todo cristão

Tu sabes que a vida nada mais é que nada,
tu sabes que sou pagão e plebeu,
tu sabes que sou teu

Marcelo de Barros in Toda Minha Alma é Poesia,
e-book do projeto CASTANHA MECÂNICA.
   

Nenhum comentário:

Postar um comentário