Viajantes Interplanetários

E-MARTE: Cadastre-se para receber nossas novidades em primeira mão!

sábado, 6 de julho de 2013

Conversas vadias de Sábado

Vou continuar por terras de Miranda do Douro.
Desta vez com os seus pauliteiros.
Uma vez mais as danças dos pauliteiros, ou Lhaços na Língua mirandesa, está envolvida em polémicas acerca das suas origens.
Alguns autores atribuem a origem da dança dos pauliteiros às danças pírricas guerreiras gregas, manifestando anda influências de danças do Sul de França e da dança das espadas suíça. Deste ponto de vista, teriam sido os romanos que introduziram as danças pírricas na região.
O estudioso Leite de Vasconcelos rejeita esta origem, e estudiosos como o Abade de Baçal e o padre Mourinho chamam a atenção que a dança possui elementos dos povos autóctones da Península Ibérica, elementos greco-romanos e alguns elementos medievais.
Seja como for, os Lhaços de terras de Miranda são uma joia da Cultura de Portugal.
Deixo dois momentos em vídeo, o primeiro referente a uma actuação no Canadá e o último referente á famosa dança do Assalto ao Castelo:






2 comentários:

  1. Muito interessante, mas achei "curioso" o fato dessa dança não ter a participação de mulheres. É mesmo uma tradição muito antiga, não é? Remonta a época da ocupação celta na região, que por sinal é muito bonita!
    Obrigada pela partilha!

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, a hipótese celta é uma das várias propostas para a origem das danças, que na sua maioria são danças guerreiras, é um facto.
      Abraço.

      Excluir