Viajantes Interplanetários

E-MARTE: Cadastre-se para receber nossas novidades em primeira mão!

quarta-feira, 24 de julho de 2013

JORNAL DE MARTE - nota:


Um artista é de fato uma estrela, por que mesmo quando se vai o seu brilho ainda continua iluminando anos a fio. Entreter, principalmente na atualidade, pessoas cansadas de doar sua vida para um sistema, nada generoso, que retira o sangue de milhares para dar luxo à meia dúzia, não deve ser nada fácil. A pintura, as letras, a dança... No caso de hoje uma das manifestações artistas mais populares a música (sobre tudo o singularíssimo ritmo nordestino o forró) flor de mandacaru da mais sofrida região do Brasil – o nordeste!

A vida pessoal do artista, muitas vezes pouco importa se a sua arte fé(a)z o bem ao seu povo, e essa vem carregada de respeito quando se vê falar o tempo todo que o compositor, interprete foi uma pessoa tão simples – em tempos onde é extremamente difícil encontrar pessoas simples. Cada dia sinto mais que vou-me embora pro passado onde estão, na minha opinião, os últimos imortais da arte. Vá em paz Dominguinhos.

7 comentários:

  1. "Cada dia sinto mais que vou-me embora pro passado onde estão, na minha opinião, os últimos imortais da arte."

    ResponderExcluir
  2. Muito bela a tua postagem,eu simplesmente me encantei. Desejo um bom restinho de semana para ti,fica com deus!! http://pontodecruzdamafalda.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  3. Limerique

    Era uma vez artista nordestino
    De raríssimo talento muito fino
    Como ouro em veio
    Iluminou o seu meio
    Por sua morte badalam os sinos.

    ResponderExcluir
  4. Ele era o cara! Simples mesmo como você mesmo disse, com um brilho... Uma energia sensacional!


    vá em paz ♥

    ResponderExcluir