Viajantes Interplanetários

E-MARTE: Cadastre-se para receber nossas novidades em primeira mão!

terça-feira, 22 de outubro de 2013

O trabalho histórico

A origem do termo que já esteve associado ao suplício, mas que também pode ser fonte de alegrias. 

Deonísio da Silva* 

A palavra “trabalho” veio do latim tripalium, tripálio, uma técnica de sofrimento obtida com três paus fincados no chão, aos quais era afixado o condenado, quando  não empalado num deles até morrer. “Empalar” é espetar pelo ânus, algo comum na Antiguidade, ante o qual (1) a crucifixão romana foi um avanço. A  etimologia  latina  formou-se  a  partir  do  prefixo  tri-, três,  e  palus,  pau,  estaca,  poste,  mourão.  No  plano mítico, este étimo foi abandonado, porém na Vulgata, como é conhecida a tradução da Bíblia, do hebraico para o latim, feita pela equipe de São Jerônimo,  que  (2)serviu de base às traduções portuguesas durante séculos até que tivéssemos acesso a traduções vindas diretamente dos originais hebraico e grego.

 Quem  (3)  trouxe  a  condenação  de  Adão  e  Eva  ao  trabalho,  do  latim  para  o  português,  traduziu  labor por trabalho,  um  de  seus  sinônimos.  São  Jerônimo  descartou  tripalium e optou  por  labor.

  Traduzir  é  escolher.  Sua escolha evitou os vínculos de tortura, implícitos no étimo descartado, mas manteve  os de sofrimento noétimo escolhido. A ideia do trabalho como sofrimento não estava presente na etimologia latina, uma vez que o verbo trabalhar era laborare; e trabalho,labor. No italiano predominou este (4)sentido, de que são amostras as palavras  lavoraree  lavoro. No francês  travail, ao contrário, a vertente é a mesma do português. Mas para trabalhador a língua francesa preferiu ouvrier, do étimo latino operarius, do verbo operare, formado a partir de operis, genitivo de opus, obra, cujo plural é ópera. No  latim  vulgar,  porém,  operare transformou-se  em  operire.  Em  inglês,  trabalho  é  work,  e no  alemão,  Werk, procedendo  ambos  do  grego  érgon,  ação,  presente  no  português  em  outras  palavras,  como  em  ergoterapia, tratamento pelo trabalho.

 Felizmente,  a  etimologia  ensina  de  onde  vieram  as  palavras,  mas  não  determina  que  elas  tenham  hoje  o significado que tiveram no passado. O trabalho podeser inesgotável fonte de alegrias! Segundo Friedrich Engels, teve  papel  fundamental  na  transformação  do  macaco  em  homem,  mas  aí(5) os  erros  de  tradução  do  filósofo alemão são são igualmente numerosos.

(Texto adaptado. Disponível em: 
. Acesso em: 26. Dez. 2011) 

3 comentários:

  1. Agora sei de onde vei essa mardição que dizem que edifica o homem, só se deus fosse pedreiro.

    ResponderExcluir
  2. Limerique

    Sem alternativa do labor me valho
    Pois para pobre não existe atalho
    Contudo essa dança
    Não edifica, cansa
    Por isso digo: patrão vá pro caralho!

    ResponderExcluir