Viajantes Interplanetários

E-MARTE: Cadastre-se para receber nossas novidades em primeira mão!

terça-feira, 8 de abril de 2014

Assassinato

Descoberto quem apertou o gatilho da arma do policial que acertou a cabeça de Cláudia, a auxiliar de serviços gerais, moradora da favela do Rio de janeiro. Fui eu, você e todos os demais, quando pressionamos a tecla verde da urna eletrônica de forma irresponsável.

Cristiano Marcell

3 comentários:

  1. Avatar gosta de malufar

    Tem razão esse poeta marciano
    Neste Brasil de voto tão singular
    Pois enquanto entra ano e sai ano
    Não aprendemos em quem votar.

    Ao acionar aquele verde botão
    Colocamos um larápio no altar
    Com verba pública à disposição
    E uma vontade louca de roubar.

    Mas o filho da puta vai prá Brasília
    E agora alguns dizem que é azar
    Porque lá reúne-se com a família
    E continua célere a nos surrupiar.

    Pois com os seus forma quadrilha.
    Aquele que é do eleitor um avatar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E a pergunta fica no ar: em quem porra votar esse ano? Votarei no nulo - o único que não server para nadica mesmo.

      Excluir