Viajantes Interplanetários

E-MARTE: Cadastre-se para receber nossas novidades em primeira mão!

sexta-feira, 21 de junho de 2019

.


DIVINA

Nada que no perfore mi pecho
Nada que no tenga cura
Lagos fondos
Ojos negros
Cabellos de oro
Algas marinas
No sé en qué barco
Fue naufragar mi pecho



- Daniel Andrade -

Nenhum comentário:

Postar um comentário