Viajantes Interplanetários

E-MARTE: Cadastre-se para receber nossas novidades em primeira mão!

terça-feira, 18 de maio de 2010

...

Bongando
E/ ou
Desenhando no consultório



Estou buscando as coisas simples:
Uma música que eu possa tocar,
Uma pessoa que eu possa amar
Sem utopias.

Estou buscando por um silêncio gritando: felicidade.
Estou buscando verdades irrevogáveis:
Estou tentando gritar SOU HUMANO!.
Buscando dentro de mim por mais um.
Sou um mendigo que mendiga apenas afago.
Estou mesmo como se não houvesse dormido
A cem dias:
A procura de um colo: Da vida.

D.Everson

5 comentários:

  1. Que sua busca acabe em encontro.
    Belo ^^

    ResponderExcluir
  2. meu querido, vc não é humano!! desculpa, escrever isso, é complexo!!!
    não é humano..kkk

    ResponderExcluir
  3. Você não gosta medidas. Não gosta das limitações. És livre, poeta! Porém preso a poesia pela liberdade que ela te oferece sem nada pedir em troca. Entregue-se! E veja as coisas por dentro como os que verdadeiramente sentem. Esse grito, essas verdades são ditas na poesia que é escrever. Eu te ouço.

    ResponderExcluir
  4. Que bom ouvir (ler) as pessoas que acreditam nos poetas. São vocês que me impelem a continuar com projetos como esse POETAS DE MARTE.

    ResponderExcluir