Viajantes Interplanetários

E-MARTE: Cadastre-se para receber nossas novidades em primeira mão!

quarta-feira, 18 de abril de 2012

BAILE PERFUMADO


[...] O teu cheiro chega vindo com o vento
Fica ardendo, me comendo lá no fundo
Cada segundo, cada minuto, cada momento
Sei lá eu porque te quero tanto
Só sei que vai dar pra lá do infinito [...]


Um perfume me perseguiu por quase um mês,
Nos ônibus, na rua, no trabalho, nos sonhos: sonhos com cheiro...
Até que hoje deitei a cabeça no travesseiro com esse perfume...
Com esse cheiro misterioso que excita e apaixona.
Acho que a dona do perfume andou esquentando a minha cama.

D.Everson

2 comentários: