Viajantes Interplanetários

E-MARTE: Cadastre-se para receber nossas novidades em primeira mão!

sábado, 19 de maio de 2012

COR AZUL


Sem dentes segue mastigando lágrimas,
Não há árvores para sua sombra sem sossego.
Seu caldo fino a fina perna que corre leito do rio
A cima, a baixo do lado do sorriso dos que tem glória.

D.Everson

2 comentários:

  1. Mais um da coleção As Cores do Cinza.

    ResponderExcluir
  2. Milhares de cores
    Aquarela sutil que traduz
    Matiz dos amores.

    ResponderExcluir