Viajantes Interplanetários

E-MARTE: Cadastre-se para receber nossas novidades em primeira mão!

domingo, 6 de maio de 2012

Haicais de Além-mar


Haicais de Domingo








David Rodrigues

Neste primeiro domingo de maio tenho o imenso prazer de postar um ótimo bate-papo que tive co David Rodrigues, amigo da mãe-pátria, detentor de múltiplos dotes artísticos. Em seu espaço Haikuportugal, o professor universitário mostra, com grande sutileza e versatilidade, inteligentes haicais muito bem elaborados que nada deixam a desejar àqueles escritos por grandes ícones do gênero.

Na primeira entrevista internacional dessa coluna, que será dividida em duas partes, o enólogo lusitano nos conta sobre sua formação profissional, atuações e publicações diversas.


à desfilada
um cão pela praia deserta
e o dono: Já! Aqui!
(David Rodrigues)

Haicais de Domingo: Há quanto tempo você dedica seus escritos aos haiku?

David Rodrigues: Escrevo haiku há cerca de 10 anos mas só publiquei a primeira série num livro de poesia que editei em 2006 chamado “Espírito de Corpo”. Era um conjunto de 27 haiku com o tema do Corpo. A seguir a esta publicação, o meu interesse intensificou-se e publiquei em 2007 o livro “Estações Sentidas”, em 2008 o livro Gaza”.

lá longe
correm ondas sobre a água:
o mar acaricia-se.
(David Rodrigues)

Em 2009 o livro “Respirar”. Em 2011 editei o livro “De Frente para o Mar” com a contribuição de dez poetas portugueses contemporâneos que se interessam por haiku. .

Subiram para a cara
as rugas
das impressões digitais
(David Rodrigues)

Haicais de Domingo: Nessa coluna já tivemos a presença de vários professores que escrevem haicais.Você os utiliza em seu trabalho como forma de explorar outras maneiras de elaborar uma poesia?

David Rodrigues: Eu dou aulas na Universidade e num tema que não tem uma ligação óbvia com a Literatura – a Educação. Assim, não tenho usado o haiku no meu ensino mas isso não significa que não me interesse – e apaixonadamente – pelo uso do haiku em Educação.

a gordura do bife
migrou do prato
para o abdomen.

(David Rodrigues)

Em 2010 editei um livrinho chamado “Do outro lado do Mundo / From the Other side of the World” em que crianças portuguesas e neo-zelandezas – literalmente os nossos antípodas – escrevem poesia haiku.

É extraordinário encontrar tanta leveza e sensibilidade em crianças de 5 ou 6 anos e os poemas são de grande qualidade. Eu acredito que o haiku é uma forma privilegiada para iniciar a criança na expressão do seu olhar poético sobre o que a rodeia. Maria Kodama e muitos outros autores têm desenvolvido projetos sobre este tema.

estremece um galho -
acorda o pardal
na manhã de Inverno

(David Rodrigues)

Faço workshops regulares em escolas do ensino fundamental para falar do haiku e incitar as crianças a escreverem o seu primeiro texto poético. Os resultados são sempre muito estimulantes.

pedra no ar:
- Pára!
Tarde demais.

(David Rodrigues)

No próximo domingo publicarei a segunda parte desse proveitosa conversa, onde David, nos fala de como as sílabas se fundem no quebra cabeça do papel de sua escrivaninha , formando os poemetos que encantam pairagens muito além do velho mundo.

Cristiano Marcell é professor nas horas vagas e escreve regularmante
nos blogs Esquife de memórias e Haicai e não Machuca

32 comentários:

  1. A segunda parte da entrevista será postada no dia vinte desse mesmo mês.

    Na coluna do próximo domingo, gostaria de contar com a particpação de vocês que sempre estão por aqui. Elaborem um haicai homenageando a mulher mais importante de nossas vidas(não fiquem com vergonha) e mandem para o meu email:mat_amorim@hotmail.com

    A coluna "Mãe,Haicaí! Cuida de mim!" ficará muito melhor com a sua participação!

    Espero contar com a presença de muitos!

    Desde já, obrigado!

    Muita paz!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu queria agradecer a todos os comentárioa tão positivos que fazem aos meus haiku. E deixo os dois que escrevi hoje:

      vejo da rede
      um avião aos solavancos -
      e penso na vida.


      que silêncio
      canta no chilrear
      dos pássaros!

      Excluir
  2. Valiosa entrevista e não menos brilhante depoimento do escritor e Professor David Rodrigues.
    Os haicais feitos pelo Professor são diferentes dos que já tenho lido e construídos por escritores ou amadores Brasileiros.
    Entendo-os melhor, os do escritor referido, esta semana.
    São melodiosos e inteligentes, não querendo menosprezar ninguém.

    PARABÉNS PELA ESCOLHA.

    PS: não irei participar do seu convite, devido aos imensos afazeres escolares. As minhas desculpas.

    ResponderExcluir
  3. Cristiano, muito legal a entrevista.
    Gostaria, se pudesse, que o David desse exemplos de alguns desses haicais feitos pelas crianças que ele achou mais interessantes. (Poderia até ser tema de uma outra coluna)
    Muito inteligentes os haicais, parabéns!

    ResponderExcluir
  4. Sempre bom vir aqui conhecer e aprender um pouco mais sobre os haicais e os poetas que os escrevem. Esses do Poeta David Rodrigues são muito belos e inspiradores.Parabéns pela bela e interessante entrevista. Parabéns aopoeta por seus belos escritos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grato, cara poetisa! Conto com você na próxima postagem!

      Excluir
  5. Além do professor ser uma fera incontestável, ainda tem o nome de meu avo materno: David Rodrigues. Parabéns para o entrevistado e entrevistador. JAIR.

    ResponderExcluir
  6. Interessante entrevista, Cristiano!
    Além de interplanetar, o Poetas de Marte está ficando internacional! O universo blogueiro atravessando fronteiras.
    Não sou muito bom em poesia, mas se surgir alguma ideia a envio depois.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  7. Simplesmente adoráveis os haikais do nosso amigo lusitano e assim como o Lucas, também eu estou interessada em ler os haikais das crianças.
    Parabéns ao David!
    Cristiano, mais uma excelente entrevista!

    ResponderExcluir
  8. Grato, minha cara! Publicarei alguns desses haicais no domingo dia 13.

    ResponderExcluir
  9. Deveras o professor David Rodrigues tem a felicidade de ser muito bem inspirado em seus concisos versos.
    Parabenizo-o e desejo-o muitas percepções poéticas.

    Parabéns, a você também Cristiano por ajudar a fazer desse blog uma eclética globosfera.

    Abraços e uma ótima semana!

    ResponderExcluir
  10. Olá, amigo Cristino!
    Foi ótimo conhecer o amigo lusitano David Rodrigues, pois é um poeta genial, que temos muito a aprender com ele.
    Seus haicais têm deveras a essência do gênero.

    Parabéns pela iniciativa!

    Apesar de minha mãe não me causar boa verve, esforçarei-me e vou participar fazendo um haicai para colaborar com a coluna do amigo.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  11. Essa coluna é muito chik! Só peixe grande batendo papo com os marcianos da terra. Quero ver a Alice por aqui, vamos fazer contato? Acho que ela topa. No mais parabéns mais uma vez meu chapa.

    ResponderExcluir
  12. Olá Caro amigo,

    Parabéns pelo seu trabalho e pela entrevista!

    Saudações

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, minha cara!Volte sempre aqui em Marte!

      Excluir
  13. OI CRISTIANO!
    GOSTEI DA ENTREVISTA.
    QUANTO AO HAICAI DAS MÃES, VOU TENTAR ESCREVER, SE CONSEGUIR TE MANDO.
    ABRÇS

    zilanicelia.blogspot.com.br/
    Click AQUI

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aguardo ansiosamente, prezada amiga! Muito obrigado!

      Excluir
  14. Cristiano
    Linda entrevista. Tenho grande admiração pelos poetas lusitanos, inclusive de David Rodrigues, cujos haicais já tinha visto no Espaço do Haicai de Mônica Martinez que também é uma grande haicaísta.
    Os haicais de David sobre as impressões digitais e gordura do bife tem a genialidade humorística como os seus. Me encantou muito o haicai de David nos moldes de Basho :

    Estremece um galho-
    acorda o pardal
    na manhã de inverno

    Cristiano vou tentar enviar o haicai do dia das Mães

    Uma linda semana
    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom! Mais um haicai em homenagem ao dia das mães!

      Agurado ansiosamente!

      Muita paz!

      Excluir
  15. alguem falou em haicaiaqui? rsrs gostei gostei... muito boa entrevista... parabens aos dois...bjuuu

    ResponderExcluir
  16. marcell,
    os haikais sempre foram, para mim, uma área da literatura que me passou um tanto despercebida, admito (mesmo tendo alguns livros de haikais - de joão pedro mésseder, por exemplo). graças à blogosfera, e em particular a ti, à elisa campos e ao arnoldo pimentel, comecei a perder-me nas suas imensas possibilidades estéticas e criativas. hoje, não passo sem vos ler.
    aproveito para enaltecer o vosso trabalho de produção e divulgação deste universo literário de que aqui dás excelente exemplo, nesta primeira parte de entrevista com david rodrigues.

    um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, meu caro amigo Jorge! Orgulho-me muito de ter suas palavras elogiosas.

      Muita paz!

      Excluir
  17. Mantenho um diálogo com o sr. David Rodrigues.
    Eu o leio e ele me responde (em silêncio).

    Haïjin merecedor de meu apreço. Divulgador do haiku e do senryu em plagas lusitanas.

    Parabéns, Marcell, pelo trabalho!

    - Henrique Pimenta

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezado Henrique, muito obrigado por passar por aqui nesse espaço, primeiramente. Acompanho o seu trabalho, da mesma forma que acompanhas o de David Rodrigues!

      Bom tê-lo como leitor!

      Muita paz!

      Excluir