Viajantes Interplanetários

E-MARTE: Cadastre-se para receber nossas novidades em primeira mão!

sábado, 16 de junho de 2012

Saudade

Sabemos da finidade da vida,
Porém, aceitar esse fim é desafio ingrato.

A maior alegria da vida de um homem é o seu nascimento,
A maior tristeza é ver o fim daqueles que alegraram-se com seu início.

As pessoas que nos viram nascer nos parecem sempre ter existido,
Ver o fim dessas nos deixa com a sensação de infinito partido.

Para os que creem numa vida pós-vida
Resta a esperança de um reencontro futuro,
Mesmo assim ainda resta a saudade.

Para os que creem na reencarnação,
Resta a esperança de um reencontro futuro,
Mesmo assim ainda resta a saudade.

Para os que acreditam que essa vida na morte se encerra,
Resta torcer para que o tempo preencha a lacuna do perder,
Mesmo assim ainda a resta saudade.

Para os que creem numa vida pós-vida,
Mas sem a lembrança da vida vivida,
Só resta a saudade.

Ainda resta ela,
Não adianta,
A vida é finita,
Mas dentro de todos sempre grita
A dor da eterna saudade.

2 comentários:

  1. Pura verdade
    Quando tudo se perde
    Fica a saudade.

    ResponderExcluir
  2. Escrevi em um dos poemas do meu livro, que a saudade é como deitar-se em uma rede, e descobrir que não há descanso.

    ResponderExcluir