Viajantes Interplanetários

E-MARTE: Cadastre-se para receber nossas novidades em primeira mão!

quinta-feira, 16 de agosto de 2012


(Para meu afilhado Bernardo)

Correndo faceiro
atrás da pelota
o que mais me importa
é ser bem levado

sou muito ligeiro
bem lépido e arisco
eu sou um corisco
pareço um guepardo

Eu sou por inteiro
homem pequenino
contente menino
não mando recado

um índio guerreiro
que num só segundo
revira o mundo
já tão bagunçado

Janeiro a janeiro
eu grito e apito
sou meteorito
voando, varado

eu quebro o canteiro
de flor da varanda
sou tal como a banda
tocando um dobrado

Eu sou um vespeiro
meu pai, meu padrinho
me levam ao parquinho
e eu brinco um bucado

amor verdadeiro
mamãe, me convida:
Vem viver a vida
meu lindo Bernardo!
Cristiano Marcell


16 comentários:

  1. Minino bonito, arteiro¨¨
    correndo faceiro, ligeiro
    homem pequenino
    amor verdadeiro
    no colo do padrinho...


    Beijos para os dois.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pela gentileza do comentário,prezada Mery!

      Excluir
  2. Limerique

    Mundo ativo por causa da criança
    Nada fica parado o mundo avança
    Contudo preste atenção
    Nessa forte ebulição
    Pois o pequeno sempre faz lambança.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Enciclopédico amigo,

      podíamos tocar um projeto de um livro com poesias para criança!

      Excluir
    2. Eu sabia que Jair iria topar!

      Daniel, vamos nessa também!?

      Excluir
  3. Adorei Marcell!
    Parabéns pelo poema e pelo afilhado :)

    :*

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir