Viajantes Interplanetários

E-MARTE: Cadastre-se para receber nossas novidades em primeira mão!

sábado, 1 de setembro de 2012

Oscar Wilde por Antonio Abujamra

LOUCOS E SANTOS

5 comentários:

  1. Limerique

    O genial Oscar Wilde era gay
    Isso não lhe diminui, eu sei
    Mas se incomodou
    Quando publicou
    Livro "O retrato de Dorian Gray".

    ResponderExcluir
  2. Adoro quando o Abunjamra recita poemas!
    Boa postagem!

    Quanto ao limerique de Jair, comento: como podemos conceber que uma pessoa, nalgum momento da história das sociedades, já foi preso por sua escolha sexual, como no caso de Wilde, não é mesmo!

    Muita paz!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Claro, Cristiano. Realmente é um total absurdo alguém ir preso por ser gay. No entanto, acho q é bom tomar cuidado com a palavra "escolha" ou como é muito usado "opção", pq parece q a pessoa realmente decidiu, optou por isso. Ou seja, parece q está consciente na pessoa escolher por qual sexo ela quer sentir tesão. N acredito q seja assim, até pq socialmente é muito mais fácil ser heterossexual e, mesmo assim, nem tdo mundo "opta" por isso.
      Acho q é mais justo falar em orientação sexual, pois a pessoa sente-se atraída por um e/ou outro sexo, n por uma "escolha", mas por uma construção dela própria e de sua identidade. Independente de qlq coisa, se alguém lhe ordenasse agora sentir-se atraído pelo sexo diferente da sua orientação, garanto q n seria nada fácil. E é isso o q fazem com muitos dos pobres coitados homossexuais q "aceitam Jesus".

      Excluir
    2. Muito estimado Lucas,

      creio que interpretou mal minha colocação.Quando mencionei "escolha", estava me referindo à época dos acontecimentos. Wild, mesmo tendo sido casado com uma mulher por algum tempo, num dado instante decide(escolhe) mostrar-se como um indivíduo que assume sua preferência por pessoas do gênero masculino. Por ter tido essa petulância, assim foi visto pela sociedade nesse tempo, pagou caro, tendo que fazer trabalhos forçados em presídios. Oscar poderia muito bem fazer comom Cole Porter o fez anos depois.Casado por aparência mas sem trasparecer a ninguém sua bissexualidade.Clako que esse teve a compreensão da esposa.

      Ratifico:utilizei a palavra "escolha" para retratar a grande personalidade(fora a inteligência exuberante) do autor de Salomé!

      Muita paz!

      Excluir
  3. Ok, Cristiano. Acho interessante mesmo assim trazer este ponto a tona. Q bom q não foi essa a sua colocação.
    um abraço

    ResponderExcluir