Viajantes Interplanetários

E-MARTE: Cadastre-se para receber nossas novidades em primeira mão!

terça-feira, 11 de dezembro de 2012

DOIS MIL E DOZE


Tenho quase nada pra comemorar:
Minha avó no começo quase foi pra lá...
Meu time pra segundo voltou a despencar.
No mestrado não quiseram me aceitar.
Fiquei em dezembro sem ter onde morar.
Que pedras ainda irão rolar?
O mundo deveria mesmo acabar!

D.Everson

4 comentários:

  1. Distribuição da má sorte desse ano no dia 31 de dez. 2012 às 12h em frente a prefeitura de Bezerros-PE, quem estiver afim é só me telefonar que deixarei amarrado todo tipo de azar.

    ResponderExcluir
  2. rsrsrs... para mim também está sendo pedreira!

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Esse poema não há muito de maturação, porém o verso "Que pedras ainda irão rolar?" pedras rolantes não criam musgo, com certeza não foi uma das melhores poesias...

    ResponderExcluir