Viajantes Interplanetários

E-MARTE: Cadastre-se para receber nossas novidades em primeira mão!

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Vilma Piva

SÓ UM POUCO MAIS

Um pouco mais de ti preciso em mim
Para estender nosso amor nesta noite.
Ficar no amor da gente, unidos, enfim
Sem medo do amanhã nesse pernoite.

Um pouco mais de ti preciso em mim
Abraçada ao aconchego do teu amor.
Jamais perecerás no meu beijo sem fim
Ainda que uma lágrima venha se antepor.

Um pouco mais de ti preciso em mim
Para cobrir-me do rigor do inverno.
Tu e eu em qualquer estação faz festim
Pautados nas folhas do mesmo caderno.

Um pouco mais de ti preciso em mim
Para chamar-te Sol do meu amor eterno.
Presente, ficarei sem partir, ai de mim,
Se tu fores ausência viverei o inferno. 
 

3 comentários:

  1. Amiga Vilma, eis um belo poema. Um abraço. Tenhas um bom dia.

    ResponderExcluir
  2. Que bela surpresa ter meus versos no Poetas de Marte!!
    Obrigada, Cristiano, por esse espaço que muito incentiva minhas letras.
    Beijos

    ResponderExcluir