Viajantes Interplanetários

E-MARTE: Cadastre-se para receber nossas novidades em primeira mão!

terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

SÉRIE POETAS BEZERRENSES

Cada um dança no seu tempo

aparência de força esconde fraqueza
aparente fraqueza esquece da grande força interna
a árvore está carregada
quando o fruto amadurece é tempo da ceifa
os ramos já tem sua verdura
o céu escurece e chove
provisão para outros tempos
no interior da terra
cada tempo tem a sua mudança
dentro é que mora a semente
após o inverno intenso
o sol vem rebrotar o chão
cada tempo tem a sua mudança
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário