Viajantes Interplanetários

E-MARTE: Cadastre-se para receber nossas novidades em primeira mão!

quarta-feira, 8 de maio de 2013

JORNAL DE MARTE

LIVRO “ARREMESSOS DE UM DADO VICIADO” RECEBE MENÇÃO HONROSA NO PRÊMIO PERNAMBUCO DE LITERATURA


Os poemas da coletânea Arremessos de um dado viciado de Ednaldo Francisco do Carmo Junior (ou Fred Caju, como costuma se estampar mais) foi finalista do concurso organizado pela Secretaria de Cultura de Pernambuco, a Fundarpe e a Companhia Editora de Pernambuco (Cepe). O grande vencedor foi o livro de contos Olho morto amarelo (Bruno Guimarães Liberal), seguido de O livro de Corintha (Fernando Antônio de Barros Monteiro), Recife, no hay (Delmo Montenegro da Silva Júnior), O metal de que somos feitos (José Walter Moreira dos Santos) e Discursos e Anatomias (Jeilson José Ferreira da Silva).



Segue aí um vídeo  que teve permanecer inédito até então, devido ao regulamento do edital  do poemário Arremessos de um dado viciado:


OBS: Não uso mais esse canal do Youtube, estou no VIMEO (http://vimeo.com/user10257360), mas o servidor censurou o vídeo, como acontecia bastante com a plataforma do Google. Se eu não resolver o problema vou hospedar meus vídeos em sítios pornôs para driblar a censura, e ainda facilitar na hora de aliviar a solidão.

3 comentários:

  1. Parabéns aos vencedores e também a quem concorreu, porque num país de analfabetos isso é também vencer.Não sei se percebi bem o vídeo, mas me parece que as pessoas estavam sendo impedidas de subir... Será? De qualquer forma as cenas são lamentáveis e dá mesmo vontade de desistir.

    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Esse vídeo poema é lindo. Essa sociedade de consumo as vezes me faz pensar em desistir desse materialismo todo - mas acredito que viemos aqui p aprender e da próxima vez quem sabe eu não tenha a sabedoria das pedras...

    ResponderExcluir
  3. Desculpe-me ocupar esse espaço de comentários com tão pouco valor de palavras, mas é que eu tenho que registrar que morri de rir com " e ainda facilitar na hora de aliviar a solidão."

    Muito engraçado!!!

    ResponderExcluir