Viajantes Interplanetários

E-MARTE: Cadastre-se para receber nossas novidades em primeira mão!

quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

RODAVIVA


Numa sociedade que a mente satura
E o corpo é constantemente exigido
Inexiste espaço pra qualquer ternura
E atenção ao filho perde todo sentido

O pai não dispende tempo para o clã
Enquanto corre em busca do dinheiro
Atenção à sua prole adia pra amanhã
Na triste luta mergulhado o ano inteiro

Consumismo, esse motor do avanço
Aos humanos impinge uma roda-viva
O que importa é um positivo balanço

E à frente estar sempre da iniciativa
Comezinhos, doar amor e sentimento
Jamais considerada boa expectativa.

Um comentário: