Viajantes Interplanetários

E-MARTE: Cadastre-se para receber nossas novidades em primeira mão!

domingo, 3 de agosto de 2014

MEXENDO NA SUA RADIOLA

Power-trio liderado por Fabio Trummer faz punk- rock político inspirado em Galeano

A visão afiada de Eduardo Galeano, uruguaio que dissecou a condição histórica e econômica latino-americana em mais de 40 livros, inspira poesia, rifes e batidas no novo projeto musical de Fabio Trummer, o Trummer Super Sub América (SSA).
   
"Agora, para o mundo, América é tão somente os Estados Unidos, e nós quando muito, habitamos uma Sub-América, uma América de segunda classe...", escreveu GaleanoTrummer, por sua vez, reconheceu os antagônicos superpoderes desenvolvidos por essa Sub-América tão violentada, e concedeu-lhe a categoria de Super. Navegando em distorções pelas veias abertas desse continente inusitado, o SSA surpreende com uma musicalidade autoral e inovadora.  
BAIXE AQUI

  
Fabio Trummer é líder, compositor, vocalista e guitarrista da Eddie, banda referência na música pernambucana há 25 anos. Em 2013, ele bateu à porta dos vizinhos Dieguito Reis (baterista) e Luca Bori (baixista), ambos soteropolitanos e integrantes do grupo Vivendo do Ócio, e convidou-os para uma parceria. “Desde 2012 eu vinha compondo um repertório para fazer um álbum sem a banda Eddie. Como exercício criativo e como uma maneira de ter uma dinâmica de trabalho maior em São Paulo”, conta Trummer. 


A ideia era fazer uma música com poucos elementos, minimalista, com referências de blues, do punk e pós-punk. “Um rock brasileiro autoral e contemporâneo, feito pelo prazer de compor, arranjar e tocar juntos”, diz Trummer. Em agosto de 2013 estava formado um power-trio que vem mesclando sotaques e vivências de duas gerações para cantar a América do Sul e suas singularidades. Um punk-rock político e cheio de atitude.

De volta à garagem, o SSA ensaiou durante setembro e outubro,  cuidou dos arranjos e gravou em novembro do mesmo ano. Em janeiro de 2014 o álbum estava pronto. Sem selo, sem gravadora e sem lei de incentivo a cultura, como faziam os roqueiros de antigamente.  “Decidimos nos basear na atitude dos movimentos culturais das décadas de 1970 e 1980 e na atmosfera de insatisfação e incredibilidade nas questões políticas e sociais”, diz Trummer. Brotaram crônicas das ruas, melodias tortas e canções de protesto. Um punk-rock de meia idade, com o know-how de 25 anos de estrada. Porrada de liberdade criativa e identidade própria. Salve a América do Sul!

Faixa a Faixa

SAS (Salve a América do Sul) - Baseada nas canções sobre a América do Sul, a composição de Trummer e Lirinha (ex-vocal do Cordel do Fogo Encantado) fala de realidades que se arrastam no continente em sua eterna condição de colônia dos países ricos.

Medo da Rua - De Trummer e Luca Bori, a faixa debate a escala da violência nas ruas das cidades, questionando a atitude de medo e fuga dos cidadãos, a entrega da vida social ao estado e a pouca participação da população na resolução dos problemas urbanos.

Ardendo em Chances - Um poema autorretrato de Trummer, assinado em parceria com Diego Reis.

Eu tenho fé - Composição do ex-Eddie Rogerman, aborda o otimismo apesar das incertezas. 

Música Canibal - Nesta faixa, Trummer brinca com a primeira crônica sobre a música do compositor brasileiro Villa Lobos na Europa, publicada na Paris dos anos 1920.

De Olinda ao Mississipi - As guerras que travamos diariamente em todas as partes do planeta, inerentes à condição humana, servem de tema para a poesia de Trummer nesta faixa.

Descompasso - De Trummer, Dengue, Rica Amabis e Pupillo Menezes, foi originalmente composta para projeto "3 na Massa", em parceria com os integrantes da Nação Zumbi.

The End - Em uma narrativa de tom cinematográfico, a faixa composta por Trummer explora as possibilidades imaginárias de um casal no dia do fim do mundo.

Sindicato Natural – A letra épica propõe a revanche da natureza contra os humanos e a ocupação verde dos espaços urbanos dos dias de hoje (Trummer).

Só faltou dizer adeus. Com letra de Trummer e Lirinha, conta encontros e desencontros que acontecem e se desfazem, virando apenas lembrança de uma noite inesquecível.

Nenhum comentário:

Postar um comentário