Viajantes Interplanetários

E-MARTE: Cadastre-se para receber nossas novidades em primeira mão!

quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Há espaço no espaço.



No pequeno universo que habito
Um grito ecoa para quem vier!
É um eterno clamor, é um mito,
É um desejo forte de mulher!

Ela diz que há lugar para ela,
Mas ela quer mais que um canto,
A mulher deseja luz maior que a da vela,
Deseja mais que um farol num recanto.

Espero que nós marcianos ousemos
Ir muito além do ouçamos,
Há espaço no espaço dos marcianos!

Espero que nós marcianos estejamos
Abertos àquilo que não vemos,
Pois, elas estão vindo de Vênus.

6 comentários:

  1. Muito interessante!
    Que os marcianos tenham sempre esta visão.
    Bom natal!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Todos iguais na vida real, não somente no papel e/ou nas telas!
      Bom natal!

      Excluir
  2. Haverá sempre espaço, no espaço para amar e deixar belos sonetos, Há em vista, o presente.

    Desejo felizes e abençoadas Festas de Natal, enquanto desejo bom clima de paz.
    Tudo para mantermos em 2015 verdadeira amizade.
    Abraços


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grato Daniel Costa!
      Feliz Natal e que tenhamos um ótimo 2015!

      Excluir
  3. Soneto-acróstico
    Ao vate

    O pequeno universo que habita
    Pequeno porque a ele lhe falta
    O parecer deveras bem na fita
    Está pois carente de uma ribalta.

    Talvez então falte lugar prá ela
    Alguém que ilumine aquela vida
    E de pintar chão com aquarela
    Assim mostrando-a tão querida.

    Marcianos veem mundo do alto
    Um mundo diferente, meio sábio
    Lá onde não existe sobressalto.

    Há no Blog de Marte alfarrábios
    Em que por enquanto me falto
    Revendo destalento entrelábios.

    ResponderExcluir