Viajantes Interplanetários

E-MARTE: Cadastre-se para receber nossas novidades em primeira mão!

sábado, 20 de outubro de 2012

CONTO MINIMALISTA

PERSONA DUPLA

Francisco Pimentel
Muitos o mantinham à distância. Uns alegavam ser devido à sua aparência ameaçadora, outros por exalar odores equínos. Ele, porém, creditava ao distanciamento de tantos o temor à sua tendência em ser dominador e às suas brutas reações ao que julgava idiota. Era visto, então, como persona dupla: ora se portava como ginete, ora agia como cavalo.
Ricardo F Banholzer

Um comentário: