Viajantes Interplanetários

E-MARTE: Cadastre-se para receber nossas novidades em primeira mão!

quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

SÉRIE POETAS BEZERRENSES





Santa é minha vida 

Que se quer é vivida 

E sempre ignorada por todos sobrevive ao caos

Cara é minha alma

Que de tão clara vive na escuridão

Forte mesmo é o meu corpo

Que nunca pensou em desistir

Nada mais me falta

E apesar de tanto medo

Eu sei que a morte não será o meu fim.


J. Marcelo Barbosa

Nenhum comentário:

Postar um comentário